PROJETOS ESPECIAIS

arvore.png

JOSÉ LUIZ E KÁTIA

CUIDADO INTEGRAL DO MISSIONÁRIO

A CBF, através do DEM conta com o Cuidado Integral do Missionário, setor encarregado do acompanhamento e cuidado do Missionário e sua Família em todos os segmentos do viver, além do ministerial.

Este acompanhamento visa identificar necessidades e desenvolver o Missionário e Família em todas as áreas promovendo assim, melhor qualidade de vida da Família Missionária e do Projeto no Campo.

No desempenho de nossas atividades trabalhamos na formulação de estratégias para o fortalecimento dos benefícios assistenciais à Família Missionária, desenvolvimento pessoal do missionário e na busca de suporte aos projetos.

Através de acompanhamento remoto, oração, compartilhar de ideias e objetivos, aconselhamentos entre outras atividades buscamos contribuir para o equilíbrio e tranquilidade na solução de situações peculiares vividas pela Família Missionária.

Estimular o autodesenvolvimento do missionário também faz parte da ação do CIM e para tal acontece o envio/recomendação de literatura específica, divulgação de cursos, workshops e outros.

Os anos de 2018 e 2019 permitiram estar presencialmente no campo. Com a pandemia, 2020 foi um ano de reclusão e contatos remotos, sempre acompanhando e buscando provisão para as necessidades identificadas.

Por suas características internas o CIM não possui grande evidência, mas é base de apoio fundamental para o equilíbrio e desenvolvimento saudável de cada Projeto Missionário desenvolvido pelo Departamento Estadual de Missões da Convenção Batista Fluminense.

O CIM necessita de apoiadores para este mister. Voluntários que adotem Famílias Missionárias no campo para orarem por/com elas, que interajam, ainda que remotamente, amenizando o distanciamento do grupo familiar, compartilhando experiências ou notícias sobre temas de interesse mútuo etc.

Se você deseja ser um Voluntário CIM entre em contato com o DEM e inscreva-se, indicando o Projeto ou a Família Missionária a ser adotada.

arvore.png

ANDRÉ ROMUALDO
CASA DE RECUPERAÇÃO JESUS TRANSFORMA

No Pilar de Projetos Especiais temos alguns que são parceiros e que vêm alcançando muitas vidas e contribuindo para a reintegração de pessoas ao convívio social e familiar. O álcool e as drogas vêm tirando a dignidade de homens e mulheres de todas as idades. É um mal que precisa ser olhado com seriedade.

O Departamento de Missões Estaduais tem sustentado missionários nos Projetos “Jesus Transforma Capivari”, Norte Caxiense e “Associação Cordeiro de Deus” – ACD – em Monerat. Nestes centros terapêuticos os missionários Pr Andre Romualdo e Joezer Barreto atuam na reconstrução de vidas. Centenas de homens já passaram por estas unidades e alguns destes foram batizados em diversas igrejas do Estado.

Queremos apoiar mais estas unidades missionárias. Os custos são altos com refeições, luz, material para limpeza dos ambientes e com a manutenção dos projetos. Deus vem sustentando, mas nossos irmãos lutam bastante para que os projetos aconteçam. Você pode ajudar como igreja fazendo uma adoção do projeto, mas individualmente, como membros, podemos adotar os missionários. Basta entrar em contato com www.missoesestaduais.com.br

Outra ação em parceria com a Junedas e a ACD foi o Centro Terapêutico Pr Francisco e Olívia Sanches, na cidade de Itaocara. Lá o casal Reny e Felipe desenvolve o atendimento a mulheres dependentes químicos, coordenados pelo missionário Joezer Barreto. A Junedas cedeu a propriedade e igrejas daquela região têm ajudado, mas queremos ter recursos para alavancar esta ação missionária. Contamos com os irmãos.

arvore.png

CLEITON ARAUJO

EVANGELISMO EXPLOSIVO

Compartilhar o evangelho é nosso objetivo. Como Missões Estaduais fechamos a parceria com o Evangelismo Explosivo que capacitou centenas de pessoas nas Clínicas e workshops com a ferramenta: ESM - “O Evangelho em Sua Mão.

O projeto de evangelização “Sim, eu creio”, por exemplo, nasceu desta vontade de capacitarmos membros das igrejas do campo fluminense, preparando um grande exército de evangelistas para expandirmos o Reino, principalmente neste tempo tão adverso, mas que nos dá a oportunidade de Reconstruir a fé das pessoas levando-as ao arrependimento e confissão.

Como parte de nossa equipe está o missionário Cleiton Araújo. Ele é um dos responsáveis pelos treinamentos juntamente com o Pr Jailton Barreto Rangel, missionário de EE. Nosso propósito nesta campanha é conseguir igrejas que queiram abraçar o missionário Cleiton Araújo, sustentando-o para que ele possa estar cada vez mais engajado na expansão das ações de evangelização.

O projeto “Sim, eu creio” tornou-se on-line, assim como os treinamentos. Centenas de pessoas já foram alcançadas nestes projetos que levaram renovo a muitos corações entristecidos e sem esperança. A estratégia é termos igrejas desenvolvendo o ministério de EE em todas as cidades do nosso campo fluminense, desenvolvendo o projeto de evangelização durante todo o ano. Junte-se e nós! Adote o missionário Cleiton.

arvore.png

NEMIAS MORETH

MOBILIZAÇÃO 

De janeiro e fevereiro, as crianças do Ministério Esportivo Enseada das Gaivotas, estão em aulas On-line e provas, bem como as do 2° e 3° período do 2° G. Orem para que sejam aprovadas.

Rafael cursa a 8° ano e por não saber ler, fica sempre distante e envergonhado, quando estamos reunidos para contar as Parábolas/Fábulas. Muito triste essa situação. Oremos para que Deus nos envie alguém para nos ajudar no reforço de leitura.

Precisamos também de cadeiras, mesas, luz, uma estrutura ideal, pois nosso espaço hoje tem sido a sombra das árvores, ou um quiosque público numa praça, antes de ser interditado para reforma.

Pela bondade de Deus, Davi (12 anos), foi o único infectado pela Covid 19, mas está recuperado.

Estamos no final do verão com tardes quentes, o céu nosso teto e a sombra das árvores nosso espaço de reunião. No tempo chuvoso a quadra de areia fica alagada impedindo nosso trabalho. Desejamos uma quadra apropriada, um espaço digno. Nosso desejo sincero é ajudar para que essas crianças, tenham uma nova vida em Cristo.

Um exemplo do que vivenciamos é o Pedro Izler, 16 anos e que agora começa ter a experiência do que é a vida nova em Cristo. Seu entendimento é tão sincero, que hoje suas bisavós e sua mãe, já participam dos cultos, em uma comunidade próxima à casa deles. Essas pessoas nunca frequentaram antes uma igreja. É o poder de Deus agindo e mudando famílias.

Não podemos parar, não podemos recuar.  

Vocês são parte dessa história.

Orem pelas famílias dessas crianças.

Orem pela família missionária, para que Deus nos use nesses relacionamentos intencionais, para a Glória de Deus.

 

Lembrem-se " Aquele que vai, não é maior, do que aquele que envia."

arvore.png

CECÍLIA MENDONÇA, KÁTIA GOMES  E CLAUDIA ROMÃO
PROGRAMA DE EDUCAÇÃO PARA A VIDA

O PEVI (Programa Ensino para a Vida) é um projeto desenvolvido com crianças e adolescentes em vulnerabilidade que intencionalmente transforma vidas, através do suporte a serviços básicos, apoio de famílias completamente desestruturadas, além de aplicar princípios que irão prepará-las para fazer a diferença na comunidade e em todos outros lugares.

 

Atualmente, o projeto é desenvolvido pelo apoio de seus voluntários – membros de igrejas e colaboradores que entendem a necessidade de participar da obra missionária e de transformar a vida das crianças e adolescentes. Com o investimento que vem através de doações de igrejas e fundações, o PEVI tem avançado e com isso novos projetos tem sido plantados e novos desafios tem se transformado em oportunidades.

 

Os resultados do PEVI já são gratificantes, são 23 projetos sendo desenvolvidos em diferentes cidades e regiões, além de contar com grande envolvimento de colaboradores. É um trabalho difícil, porém maravilhoso! É se alegrar com os que se alegram. Participar desta grande missão é, sobretudo, praticar a compaixão.

 

Se você acredita e deseja vivenciar esta experiência, transformando vidas, caminhe conosco.

arvore.png

JOEZER BARRETO

ASSOCIAÇÃO CORDEIRO DE DEUS

No Pilar de Projetos Especiais temos alguns que são parceiros e que vêm alcançando muitas vidas e contribuindo para a reintegração de pessoas ao convívio social e familiar. O álcool e as drogas vêm tirando a dignidade de homens e mulheres de todas as idades. É um mal que precisa ser olhado com seriedade.

O Departamento de Missões Estaduais tem sustentado missionários nos Projetos “Jesus Transforma Capivari”, Norte Caxiense e “Associação Cordeiro de Deus” – ACD – em Monerat. Nestes centros terapêuticos os missionários Pr Andre Romualdo e Joezer Barreto atuam na reconstrução de vidas. Centenas de homens já passaram por estas unidades e alguns destes foram batizados em diversas igrejas do Estado.

Queremos apoiar mais estas unidades missionárias. Os custos são altos com refeições, luz, material para limpeza dos ambientes e com a manutenção dos projetos. Deus vem sustentando, mas nossos irmãos lutam bastante para que os projetos aconteçam. Você pode ajudar como igreja fazendo uma adoção do projeto, mas individualmente, como membros, podemos adotar os missionários. Basta entrar em contato com www.missoesestaduais.com.br

Outra ação em parceria com a Junedas e a ACD foi o Centro Terapêutico Pr Francisco e Olívia Sanches, na cidade de Itaocara. Lá o casal Reny e Felipe desenvolve o atendimento a mulheres dependentes químicos, coordenados pelo missionário Joezer Barreto. A Junedas cedeu a propriedade e igrejas daquela região têm ajudado, mas queremos ter recursos para alavancar esta ação missionária. Contamos com os irmãos.

arvore.png

BRUNO MADEIRA

MINISTÉRIO ESPORTIVO

Tenho como suporte para meu ministério a AFASE (Associação da Família, Ambiental, Social, Educacional e Esportiva), uma instituição que completa em abril 23 anos de fundação, cujo principal objetivo é levar o Reino de Deus às famílias atendidas.  Em meu cotidiano, entendo que a atuação missionária deve ser norteada inapelavelmente pela constante busca por fazer discípulos. De forma estratégica tenho buscado alcançar este fim atuando sob a perspectiva das três letras “E”: Engajar, Equipar e Empoderar.

 

O “Engajar” abarca, dentre outros aspectos, a identificação e a captação de trabalhadores para a seara do Mestre. Para sua consecução, a liderança da AFASE tem sido desafiada a orar diariamente às 9h38 por mais trabalhadores, visando à multiplicação da quantidade de pessoas aptas a fazerem novos discípulos. O horário constitui uma referência bíblica a Mateus 9:38. Esta dimensão é a que mais demanda o exercício da fé.

 

Após esta etapa, cuja aplicação é ininterrupta, busca-se “Equipar” os trabalhadores, disponibilizando ferramentas para que cumpram seu propósito no Reino. Neste sentido, iniciamos o ano de 2021 mantendo este foco, ao promovermos uma semana de treinamento para a liderança da AFASE, além de alguns voluntários e parceiros no Sítio Vale dos Sonhos, em Bacaxá – Distrito de Saquarema, no Rio de Janeiro.

 

Por entender que este também é um processo incessante, elaboramos um programa de formação continuada, já em andamento, para todos os voluntários da AFASE, abordando temas que entendemos relevantes, tanto para a instituição quanto para cada ser humano, como o “O confessional limita”, “Paternidade” e “Proteção a crianças e adolescentes em risco”, por exemplo.

 

O que se espera destas ações é que elas gerem discípulos autônomos, capazes de multiplicar a visão do Reino com segurança e ousadia, consolidando o que chamamos de “Empoderar”. Um exemplo palpável da viabilidade deste processo é o recente trabalho que vem sendo desenvolvido com as crianças da Aldeia Mata Verde Bonita, em Maricá – Rio de Janeiro. Dois jovens que participaram do nosso treinamento em janeiro sentiram-se desafiados e motivados, após as ministrações, a desenvolverem ações efetivas de multiplicação de discípulos naquele lugar.

 

Para mim é gratificante ver o nome do Senhor sendo conhecido e exaltado a partir do que Ele mesmo nos tem permitido fazer. Reconheço constituir um privilégio participar da missão de Deus através da AFASE e ver pessoas sendo transformadas pelo Senhor. Porque “Transformação de vidas é nosso jogo”.

arvore.png

PR. CLAYTON CÂNDIDO

MINISTÉRIO ESPORTIVO

Sim, isso mesmo é tempo de reconstruir. Assim nós estamos encarando os fatos de maneira corajosa e cuidadosa focados em nosso trabalho.


O ano de 2020 foi um ano bem atípico de todos os anos de minha vida, acredito que de todos nós. Estivemos debaixo de uma assolação muito grande nesse nosso tempo. Entretanto continua em 2021, e não podemos ser meros espectadores nessa grande tribulação que ainda não terminou e não sabemos quando terminará.


Dito isto, o SENHOR tem dado muitas oportunidades de reconstrução em várias áreas de nossa vida ministerial. Acredito que precisamos não só de reconstrução, mas de nos reinventar. Reinventar é uma das armas que temos para essa reconstrução, que vai nos levar a uma ação relevante, para não somente nos ajudar, mas para ajudar outros que estão próximos de nós.


Temos que reaprender e aprender coisas que estavam adormecidas em nós, outras que precisaram ser mais intensificadas e outras que tivemos que aprender. Essa reconstrução nos ajuda a entender melhor de nossa fragilidade humana e de como somos dependentes de DEUS. Sendo assim, compartilhar nossa trajetória nesse período é importante para o fortalecimento mútuo e dizer que a igreja local é fundamental para nos auxiliar nesse tempo de pandemia.
Nesse breve relato vou compartilhar com você algumas ações que têm nos ajudado nessa reconstrução.


Em primeiro lugar uma das coisas que tivemos que trazer de volta foi poder cooperar com a equipe de louvor de minha igreja local. Devido à ausência de muitas pessoas, eu me coloquei à disposição do ministro de louvor para ajudar na música da igreja local, uma vez que nossas atividades esportivas estavam paralisadas.


Em segundo a intensificação na pregação da palavra nos púlpitos e no levantamento de recursos por meio da confecção e venda de trufas. Em terceiro foi aprender e ter que realizar lives, transmissões, reuniões, aconselhamentos, estudos e treinamentos através das redes sociais. 

Uma das coisas que tivemos que aprender também, foi fazer a desinfecção de nosso templo, para combater o avanço da contaminação. Criamos também um encontro com os homens de nossa igreja, para o encorajamento diante dos desafios.
Bom, estamos aos poucos retornando com nossas atividades do ministério esportivo, nesse novo normal e vamos reconstruir aos poucos, com a ajuda de DEUS. Reformamos a nossa quadra e iniciamos algumas atividades
ministeriais que foram permitidas para dar continuidade à nossa missão de fazer discípulos. Assim estamos seguindo o jogo, que DEUS nos ajude!